Tempo de Ideias
 
Acompanhe sua Matrícula
 
 
  Esqueceu seus dados?  
Principal     Quem Somos          Cursos          Inscrições          Notícias           Perguntas Frequentes           Contato          Mais Informações     
 
Notícias
 
17/05/2013 - 12h05
Índice de pessoas com celular aumenta 107,2%
Em 2011, 115,4 milhões de pessoas de dez anos ou mais de idade (69,1%) tinham telefone celular para uso pessoal.
 
 
Thales BrandãoCidadeMarketing com informações do IBGE

Entre 2005 e 2011, a população de dez anos ou mais de idade cresceu 9,7%, enquanto que o contingente de pessoas nessa faixa etária que utilizaram a internet aumentou 143,8% e o das que tinham telefone celular para uso pessoal cresceu 107,2%. É o que mostram os resultados do suplemento "Acesso à internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal" da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2011, divulgado nessa quinta-feira (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em 2011, 77,7 milhões de pessoas com dez anos ou mais de idade (46,5% do total) haviam acessado a internet nos três meses anteriores à coleta da Pnad. O acesso à internet continuava sendo maior entre os jovens, especialmente nos grupos etários de 15 a 17 anos (74,1%) e de 18 ou 19 anos de idade (71,8%).

Na análise da escolaridade dos internautas, observou-se que, de 2005 para 2011, no grupo dos sem instrução e com menos de quatro anos de estudo, o percentual passou de 2,5% para 11,8%. No mesmo período, no grupo com 15 ou mais anos de estudo, a estimativa aumentou de 76,1% para 90,2%.  Na série histórica, os percentuais de internautas aumentaram em todas as classes de rendimento mensal domiciliar per capita, especialmente nas mais baixas: no grupo sem rendimento e com até ¼ de salário mínimo, o percentual aumentou de 3,8% em 2005 para 21,4% em 2011; no grupo de mais de ¼ até metade do salário mínimo, foi de 7,8% para 30%, no grupo de ½ a um salário, de 15,8% para 39,5%. Em todos os anos pesquisados, o percentual de internautas foi maior na classe de rendimento de três a cinco salários mínimos, ultrapassando, inclusive, a classe de cinco ou mais salários mínimos.


Celular - Em 2011, 115,4 milhões de pessoas de dez anos ou mais de idade (69,1%) tinham telefone celular para uso pessoal (contra 55,7 milhões, ou 36,6% do total nessa faixa etária, em 2005). O percentual de mulheres que tinham celular para uso pessoal ultrapassou o de homens pela primeira vez em 2011: 69,5% das mulheres (60,3 milhões) tinham o aparelho, contra 68,7% dos homens (55,2 milhões).
Na análise etária, o percentual de detentores de aparelho para uso pessoal crescia com o aumento da idade, partindo de 41,9%, na faixa de 10 a 14 anos de idade, e atingindo 83,2% no grupo 30 a 34 anos. A partir de 35 anos, notou-se decréscimo das proporções, chegando a 43,9% no grupo de pessoas de 60 anos ou mais. Contudo, foi nos grupos de 35 a 39 anos e de 40 a 44 anos que houve o maior ganho de participação, em torno de 37 pontos percentuais em seis anos.

 
Outras Notícias
  1. [Tecnologia Educacional] 15/05 | 23h56 Brasil Inteligente e o futuro da conectividade nas escolas Tonia Casarin, gestora de projetos do ITS Rio, analisa os pontos de destaque e os que merecem atenção no novo programa de banda larga para o ensino.

  2. [Tecnologia Educacional] 14/07 | 09h43 Coreia do Sul tem acampamento 'detox' para jovens viciados em celular A Coreia do Sul é o país com a maior concentração de smartphones do mundo. Cerca de 70% da população tem um aparelho do tipo.

  3. [Tecnologia Educacional] 11/07 | 19h14 MEC vai criar universidade federal de educação a distância Mercadante ressaltou que enquanto no Brasil cerca de 15% dos estudantes do ensino superior estudam nessa modalidade.

  4. [Tecnologia Educacional] 09/07 | 15h13 Brasil chega a 265,5 milhões de linhas de celulares em maio A maioria das linhas registradas em maio (79,65%) é pré-pagos.

  5. [Tecnologia Educacional] 04/07 | 18h14 As tecnologias não podem ser vistas como inimigas À contramão dessa perspectiva, pesquisadores estão se mobilizando para comprovar a eficácia dos dispositivos móveis na educação.

+ veja mais notícias
 
 
 
 
 
A cada dia que passa, tenho a certeza de que o grande desafio das empresas está na gestão de pessoas. Mais do que cuidar de números, desenvolver produtos/serviço, administrar expectativas, traçar estratégias são as pessoas que fazem as coisas acontecerem no processo de gestão empresarial. O Tempo de Ideias significa dar poder ao indivíduo para encontrar soluções de problemas cada vez mais complexos em uma sociedade em transformação constante. Convido você a participar dos programas de educação continuada e interativa no segmento de negócios. Sejam bem vindos!
 
Thales Brandão
Idealizador do Tempo de Ideias e Editor Executivo do Portal CidadeMarketing
+ veja mais
Facebook Twitter
LinkedIn YouTube
 
 
 
 
 
Tempo de Ideias
 
www.joww.net
                   Quem Somos     Cursos     Inscrições     Notícias     Perguntas Frequentes     Contato     Mais Informações     Termos de Uso     Políticas de Privacidade
Cadastre-se Facebook Twitter LinkedIn YouTube